Benefícios corporativos: qual a importância para sua empresa?

Benefícios corporativos: qual a importância para sua empresa?

Posted by

Hoje em dia, além de as empresas escolherem os profissionais mais adequados para diferentes funções, as pessoas colaboradoras também optam pela organização que melhor se encaixa em seu perfil. Por essa razão, existe a necessidade da gestão estar atenta quanto ao nível de satisfação de cada área, além de estabelecer estratégias que aprimorem o clima organizacional de um negócio. Os benefícios corporativos são importantes exemplos nesse sentido.

Assim sendo, podemos dizer que os benefícios corporativos se tratam de vantagens oferecidas aos colaboradores com o objetivo de aprimorar o nível de satisfação deles, bem como melhorar a imagem do negócio perante o mercado.

Neste material, explicamos um pouco mais sobre do que se trata, os ganhos e quais são os exemplos mais comuns. Confira!

Quais são os diferenciais dos benefícios corporativos para a empresa?

Retenção de talentos

O primeiro deles está relacionado à retenção de talentos. Esse é um problema para grande parte das empresas no país. Para se ter uma ideia, de acordo com o Novo CAGED, em 2020 as contratações reduziram 9,6%, enquanto os desligamentos aumentaram 10,5% no mesmo período — ou seja, menos admissões e mais demissões.

Apesar de ter sido um ano atípico no qual as organizações enfrentaram alguns desafios ocasionados pela pandemia do novo coronavírus, o turnover voluntário — que é justamente quando a própria pessoa pede o desligamento — também tem se tornado um motivo de preocupação por parte das equipes.

Nesse sentido, é função das organizações traçarem estratégias de retenção, e os benefícios corporativos desempenham um importante papel nisso. Isso porque, quanto mais motivadas as pessoas ficam devido aos ganhos proporcionados pelo negócio, menor será a vontade de buscarem por outras oportunidades.

Melhora da imagem da empresa perante o mercado

Pessoas motivadas contribuem para a melhora da imagem da empresa perante o mercado por dois motivos principais:

  1. porque elas vão desempenhar suas funções de forma mais eficiente, o que permite melhor satisfação dos clientes e a consequente redução das taxas de cancelamento de contrato;
  2. porque existem portais e plataformas nas quais profissionais têm a oportunidade de deixar sua percepção em relação a políticas, práticas e processos de um negócio. Se ela for positiva, mais talentos se interessarão pelo processo seletivo do empreendimento, reduzindo a necessidade de ações mais robustas para a atração de pessoal.

Quais são os benefícios corporativos obrigatórios?

De acordo com a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), existem benefícios corporativos que são obrigatórios — por exemplo, férias remuneradas. Assim, toda pessoa que trabalha em uma empresa tem direito a 30 dias consecutivos de férias por 12 meses trabalhados. Além disso, elas podem ser divididas em até três vezes, desde que um período tenha, pelo menos, 14 dias e os outros dois não menos que 5.

O 13° salário também é um benefício corporativo obrigatório para quem trabalha de carteira assinada. O valor do benefício será sempre proporcional à quantidade de meses que a pessoa trabalhou na empresa em um ano. Isto é, caso tenha entrado em setembro e o salário seja de R$ 2.000, ela receberá, no mês de dezembro, aproximadamente R$ 666, que é o equivalente a quatro meses trabalhados.

Desde que a pessoa percorra um trajeto de mais de um quilômetro para chegar ao trabalho, o vale-transporte também se encaixa entre os benefícios corporativos obrigatórios. Nesse caso, há a possibilidade de descontar na folha 6% do salário.

Por fim, o FGTS também deve ser pago. Mensalmente, a organização deve depositar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço de acordo com o salário recebido. Para saber o valor exato, sempre é recomendado consultar a legislação ou recorrer ao apoio de uma empresa de contabilidade para não ter nenhum erro no pagamento de seus colaboradores.

E quais são os benefícios corporativos opcionais?

Para que a sua empresa possa usufruir dos ganhos apresentados mais acima, o recomendado é que não foque apenas nos benefícios corporativos obrigatórios. Isso porque, atualmente, há uma gama de possibilidades em que o seu negócio pode se apoiar para garantir mais motivação para toda a sua equipe.

Entre os principais benefícios corporativos opcionais, podemos destacar os que seguem!

Assistência médica

A empresa pode oferecer, por exemplo, assistência médica ou um plano de saúde para que seus colaboradores utilizem um auxílio sempre que necessário. Há a possibilidade de a organização arcar com todo o custo, mas também é possível que as pessoas interessadas paguem uma coparticipação.

Vale-alimentação ou vale-refeição

O vale-alimentação e/ou vale-refeição também contribuem significativamente para a satisfação das pessoas de um time. Normalmente, as empresas dão ao colaborador a oportunidade de optar por um dos dois. Enquanto o vale-refeição pode ser passado em boa parte dos restaurantes, o vale-alimentação é mais focado em compras de supermercado e estabelecimentos desse segmento.

Benefícios flexíveis

Por sua vez, muitas empresas também têm optado pelos benefícios flexíveis, na medida em que já existem soluções nas quais o colaborador pode escolher como gastar o dinheiro oferecido pelo negócio, seja com mobilidade, seja com cultura ou ainda com alimentos.

Horários flexíveis

Outro benefício corporativo que tem ganhado destaque em empresas de diferentes segmentos é o horário flexível. Especialmente depois que boa parte das organizações decretaram home office para conter o avanço da pandemia, esse tipo de solução tem se tornado comum.

Por meio dele, o colaborador não fica limitado a um horário de início e término de suas funções. Nesse sentido, caso haja a necessidade de ele se deslocar durante a tarde para cumprir com algum compromisso pessoal, basta seguir com a política da empresa (deixar a equipe ciente, por exemplo).

Tudo isso contribui para uma maior qualidade de vida, mais satisfação da pessoa e também para a retenção de talentos. Como vimos, esse último em especial tem sido um grande desafio para as organizações.

Neste conteúdo, você pôde entender um pouco mais sobre os benefícios corporativos e seus diferenciais, além de conferir como isso impacta positivamente na motivação dos colaboradores. É importante afirmar que esse tipo de estratégia reflete até mesmo nos resultados da empresa, uma vez que a demissão e a contratação de profissionais geram custos para o negócio, tanto relacionados aos processos burocráticos quanto referentes ao tempo gasto para a contratação de outro perfil.

Se você gostou dessas dicas e deseja ficar por dentro de outros temas e novidades, é só assinar a nossa newsletter!

Fale com um especialista da Audaz

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *