Gestão de benefícios: descubra as melhores práticas

Posted by

Você sabe qual a importância de fazer a gestão de benefícios em sua empresa? Sabemos que o salário não é mais o grande atrativo dos colaboradores que estão em busca de colocação. Hoje, as pessoas querem, também, desafios e, acima de tudo, qualidade de vida, tanto na empresa quanto fora dela.

Sendo assim, cada vez mais os benefícios são formas de reter talentos e motivar a equipe. Afinal, se sua empresa quer solidez, confiabilidade, respeito ao cliente e distinção no mercado, deve começar pelo seu próprio time, não é mesmo?

Para isso, é preciso que todos os campos estejam alinhados. A seguir, confira 8 dicas de como garantir eficiência ao fazer a gestão de benefícios na companhia!

Como tornar a gestão de benefícios eficiente?

Não há dúvidas de que a remuneração e as vantagens oferecidas aos colaboradores são um importante fator de motivação e produtividade. Por isso mesmo, toda empresa precisa gerenciar muito bem os benefícios e torná-los uma estratégia para atrair sempre os melhores talentos.

Uma gestão bem estruturada gera valor e fortalece o clima organizacional, garantindo melhores resultados na companhia. Investir em benefícios, portanto, promove a satisfação dos funcionários, e ainda é um aspecto que pode fortalecer a imagem do negócio diante do público externo.

No entanto, é preciso realizar o gerenciamento desses benefícios da melhor forma, aproveitando ao máximo as oportunidades. Veja, a seguir, 8 dicas para tornar a gestão mais eficiente!

1. Integração com seus sistemas de gestão

É fundamental utilizar na sua empresa determinadas soluções para os processos que permitam ter um controle mais sólido de cada um dos setores que o compõe. São muitos os instrumentos tecnológicos acessíveis a qualquer empresa que deseja se adaptar, organizar e destacar no mercado. A indicação é escolher um ERP que integre as áreas de Recursos Humanos e Setor Financeiro.

2. Recuperação de saldo

O controle dos saldos em benefícios, como o vale-transporte, além de ser uma forma legal de gestão, de acordo com a lei n.º 7.418/85, gera redução de custos para as empresas. Além disso, engajar, educar e informar os funcionários pode ajudar a motivar e, estrategicamente, a reduzir custos.

O controle dos saldos deve ser recorrente e preciso, para que gastos desnecessários sejam evitados. É importante, por exemplo, considerar a defasagem para evitar o risco de faltar crédito para custeio da passagem durante o período em que o colaborador justificar a falta ao trabalho.

3. Logística com rastreabilidade

A rastreabilidade pode ser entendida como a capacidade de recuperação do histórico, da aplicação ou da localização por meio de registros. É fundamental nos processos de gestão eficiente de custos com benefícios.

A partir da logística com rastreabilidade, a sua empresa aumenta a eficiência nos processos e, consequentemente, reduz consideravelmente possíveis perdas e desperdícios. Além disso, é uma excelente oportunidade de melhorar os processos internos e ter mais transparência na cadeia produtiva.

4. Roteirização inteligente

A roteirização inteligente consiste em oferecer as melhores e mais econômicas rotas de acesso casa-trabalho-casa, gerando economia tanto financeira quanto de tempo para a empresa. Para isso, a gestão utiliza softwares para determinar quais são os melhores trajetos para cada colaborador.

Essa é uma maneira estratégica de a companhia distribuir melhor o benefício para o transporte, reduzir a quantia gasta com o vale-transporte e mais praticidade ao criar rotas personalizadas. Muitas vezes, o pagamento do benefício pode ser mais oneroso que o necessário, por isso, a roteirização inteligente é uma solução interessante para ter mais economia.

5. Sistema de Gestão ABSCard

Com o ABSCard, a economia das empresas pode ser superior a 40%, com total facilidade: 100% online, de forma centralizada, potencializando o saving da operação além de rastreabilidade e governança.

O ABSCard está de acordo com a legislação brasileira e a CLT, evitando quaisquer riscos trabalhistas. Além disso, o ABSCard é o único que oferece dois modelos de gestão de benefícios como solução, e ajuda o gestor a economizar ainda mais, independentemente de qual opção a companhia escolher.

Na modalidade de Autogestão, a sua empresa tem acesso à ferramenta disponibilizada pela Audaz e faz a operação do serviço por conta própria, do contato à compra do vale-transporte junto às operadoras. Nós damos o treinamento e todo o suporte para que sua empresa utilize o ABSCard da melhor forma.

Já na opção de Terceirização, assumimos o controle da ferramenta e fazemos toda a operação para a sua empresa, do contato à compra de vale-transporte junto às operadoras. Além disso, cuidamos de outras questões, como solicitação de cartões por perda, cancelamento de cartões e logística e demais serviços relacionados.

6. Estudo do perfil dos funcionários

Cada funcionário apresenta um perfil único, trabalhando e vivendo de forma diferenciada dos demais colegas. As vantagens oferecidas, portanto, precisam estar alinhadas às expectativas e necessidades de cada colaborador, até mesmo, porque a estratégia corre o risco de acabar sendo ineficaz.

Os gestores podem, nesse sentido, fazer pesquisas, desenvolver estudos e conversar diretamente com a equipe sobre quais benefícios melhor atenderiam a suas demandas. Com isso, fica mais simples definir as modalidades de incentivo mais adequadas, que atendem aos anseios e que podem potencializar os resultados dentro da companhia.

7. Estruturação de uma política sólida de benefícios

Para que a gestão de benefícios seja eficiente, é fundamental estruturar uma política sólida na empresa. É preciso, portanto, estabelecer regras para o recebimento dos incentivos. Por exemplo, em casos de ausências injustificadas ou comportamentos desrespeitosos, a gestão pode descontar ou, até mesmo, interromper o fornecimento dos benefícios.

Essa ainda é uma maneira de prevenir que determinadas atitudes sejam estimuladas entre a equipe. Fica mais simples, também, de evitar problemas e mostrar que o negócio dá valor aos colaboradores responsáveis e compromissados com os resultados.

8. Revisão dos benefícios periodicamente

Da mesma forma, é fundamental revisar os benefícios de forma periódica, assegurando que os funcionários recebam valores corretos e que os benefícios atendam a suas necessidades. É importante fazer esse controle, também, para entender se os incentivos estão sendo devidamente aproveitados pelo time.

Além de tudo, alguns colaboradores podem ficar inseguros para solicitar a alteração de algum benefício. Por isso, a gestão pode incluir a revisão periódica das vantagens concedidas a cada profissional e realizar as devidas adequações, sempre que for preciso.

Quais erros evitar ao fazer a gestão de benefícios na empresa?

Fornecer benefícios ao time é, sem dúvidas, uma prática saudável que pode ajudar os gestores a potencializar os lucros e aumentar a produtividade na empresa. Mesmo assim, existem erros que não podem ser cometidos, já que atrapalham o desenvolvimento dos processos e o andamento das atividades dos diferentes setores do negócio.

Muitas vezes, alguns líderes não fazem um bom planejamento, ou apenas concedem benefícios sem nenhum objetivo específico. Esse tipo de atitude pode levar a companhia a ter problemas, prejuízos ou, até mesmo, má distribuição dos incentivos.

Tanto em pequenos quanto em grandes negócios, realizar a gestão de benefícios adequada é fundamental. Os gestores, portanto, precisam ter atenção a alguns fatores e se dedicar no planejamento para evitar riscos que podem impactar negativamente a companhia.

Veja, a seguir, quais são os erros mais comuns que ocorrem no gerenciamento dos benefícios em diferentes negócios, e como evitá-los!

Oferecer benefícios sem um objetivo

A escolha pelos benefícios precisa ser feita com objetivos bem definidos. A estratégia deve ser pensada a longo prazo e de acordo com o modelo atual de funcionamento da empresa. Se a ideia é combater as faltas e ausências, por exemplo, será preciso pensar em uma política de incentivos específica nesse sentido.

Pode ser que o caso seja reduzir a rotatividade na companhia. Independentemente dos motivos, a gestão precisa apresentar um manual claro a todos os colaboradores, com todos os critérios e requisitos detalhados, para que a equipe não fique com dúvidas em relação ao recebimentos dos benefícios.

Não observar a legislação

Outro erro que pode, inclusive, causar penalidades legais à empresa, é não observar a legislação vigente e o que as diretrizes falam sobre a distribuição de benefícios. Por mais bem-intencionada que a gestão seja, é preciso respeitar as disposições legais para evitar multas e prejuízos maiores ao negócio.

Para ter total suporte nesse quesito, é interessante contar com o apoio de um serviço especializado no assunto. Com isso, os gestores podem ter a consultoria necessária para gerenciar os incentivos de modo adequado, e ainda ter a oportunidade de favorecer tanto a companhia quanto os colaboradores.

Não planejar a gestão de benefícios

Quando a gestão age por conta própria, sem fazer um mínimo planejamento de suas ações, as chances de correr riscos aumentam significativamente. É preciso planejar a gestão de benefícios para traçar objetivos e metas de médio e longo prazo.

Além de tudo, o planejamento ajuda os gestores a entender melhor quais serão os impactos do incentivos na empresa. Com isso, fica mais fácil se preparar para imprevistos e dificuldades, por exemplo. Ainda é possível garantir a efetividade dos benefícios e potencializar as vantagens do programa, como melhora da produtividade, retenção de talentos e aumento na motivação dos colaboradores.

Afinal, quem faz a Audaz Tecnologia?

Nosso trabalho é feito por pessoas que entendem os clientes e se comprometem em oferecer a melhor solução para cada um deles, sempre oferecendo um atendimento personalizado e diferenciado. São profissionais altamente qualificados nas áreas de Gestão de Benefícios e Mobilidade Urbana, que conhecem o poder de uma gestão de recursos bem feita. Cada membro da nossa equipe é um protagonista do nosso negócio.

Acreditamos que uma gestão de benefícios bem elaborada pode, de fato, transformar a lucratividade e os resultados das companhias. Para isso, atuamos de forma compromissada para promover um gerenciamento eficiente a todos os nossos clientes, baseados em uma visão humana, na qual os profissionais têm total liberdade de escolha.

Quer saber mais? Entre em contato com os nossos especialistas e saiba o que podemos fazer por sua empresa hoje mesmo!

Fale com um especialista da Audaz