Gestão inteligente: o que é, qual a sua importância e como implementar?

Gestão inteligente: o que é, qual a sua importância e como implementar?

Posted by

Antes de falarmos sobre gestão inteligente para a empresa, precisamos apresentar a você o mundo que estamos vivendo: o VUCA. Você sabe o que isso quer dizer? Basicamente, essa sigla corresponde ao comportamento atual, tanto do consumidor quanto do mercado, e quer dizer: volatility (volatilidade), uncertainty (incerteza), complexity (complexidade) e ambiguity (ambiguidade).

Já conseguiu compreender como essa sigla e a gestão inteligente se relacionam? A questão principal é que, em um mundo tão instável quanto o atual, a sua empresa precisa assumir estratégias que compreendam as transformações da sociedade e que possibilitem comportamentos adequados e positivos.

A resposta, portanto, é que em um mundo VUCA como o nosso, uma gestão inteligente pode facilitar processos e auxiliar a equipe a se sair bem em qualquer situação de mudança. Que tal compreender mais sobre essa estratégia? Preparamos tópicos esclarecedores e uma dica imperdível no final do conteúdo. Mantenha-se atento e aprenda tudo sobre gestão inteligente!

O que é a gestão inteligente?

A gestão inteligente é uma estratégia para preparar a equipe para as transformações do mundo sem que a organização sofra com o cenário de metamorfose. Além disso, ela garante aos líderes e dirigentes da empresa um respaldo maior para a tomada de decisões certeiras e ágeis.

Isso tudo colabora com a construção de processos eficientes, otimização de procedimentos no setor de RH e aumento da produtividade da equipe. Portanto, contribui para a saúde financeira e lucratividade do negócio.

Até o momento, você já conhece o que é e qual a real importância da estratégia. Se ficou interessado e quer saber como implantar essa gestão na sua empresa, continue a leitura! Nos próximos blocos, vamos apresentar as principais características e qual é a relação dela com a redução dos custos da empresa.

Quais são as melhores práticas para implantar a gestão inteligente?

Ao conhecer as práticas ligadas à gestão inteligente, fica ainda mais fácil entender como ela funciona na rotina da empresa. Separamos algumas sugestões ligadas a ela para que você saiba como iniciar a implantação desse tipo de gestão. Veja!

Conhecer o colaborador e as suas expectativas

Um dos principais pontos de diferenciação da gestão inteligente é onde foco está direcionado. Assim, se antes ele estava no sucesso financeiro da empresa, move-se para a eficiência da equipe e melhoria no desenvolvimento do colaborador.

Para isso, a estratégia solicita um acompanhamento maior sobre o que cada colaborador tem feito e como. Um bom jeito de organizar essa necessidade é a implantação do mapeamento contínuo de performance, que além do desempenho, pode medir o interesse do trabalhador pela empresa e suas expectativas em relação ao futuro profissional.

Outra boa sugestão é o incentivo às avaliações comportamentais, que podem esclarecer informações úteis sobre cada um dos colaboradores. Além de melhor respaldo, pelos dados, na realização de planejamentos estratégicos na empresa. 

Investimento em tomadas de decisão baseadas em dados

As contratações, demissões e até as promoções dentro da organização não podem ser pautadas em “achismos”. O setor responsável por essas tomadas de decisões precisa ter a consciência da relação entre o sucesso das interferências e os dados sólidos e confiáveis.

Se você está se perguntando “de onde podem vir essas informações”, a resposta também está no título acima: avaliações comportamentais, mapeamento de performance etc. É claro que, quanto maior o banco de dados ligado aos colaboradores, mais fácil fica de tomar boas decisões.

Esse tipo de definição é bastante relevante e um desafio enorme para a organização atual, já que não estamos mais tratando apenas de recursos financeiros, e sim, de capital humano da organização. Afinal, a gestão inteligente é humanizada.

Quais são as vantagens dessa gestão?

Gerenciar de maneira inteligente é sinônimo de diversos benefícios para a empresa, colaboradores e líderes da marca. Todos os relacionados à organização se beneficiam, justamente, porque esse é o foco da estratégia, como comentamos anteriormente.

Confira, agora, alguns dos benefícios pontuais que a sua empresa poderá acessar com essa mudança gerencial!

Automatização de processos

Já que estamos falando de uma gestão da atualidade, não teria sentido não incluir a tecnologia, não é mesmo? Pois bem, essa peça é fundamental para que toda a engrenagem da empresa funcione da maneira correta.

Neste tópico, estamos tratando de automatização e, por isso, a tecnologia vai corresponder a softwares, ferramentas digitais, plataformas e programas que foquem a automação de tarefas repetitivas e manuais. A ideia da gestão inteligente é que a tecnologia sirva para, principalmente, beneficiar os processos da empresa.

Otimização de recursos

Sabemos o quão importante é o aproveitamento máximo de qualquer recurso disponível para a empresa e a gestão inteligente também tem foco nisso. Dessa maneira, as posturas da organização se movem para mapear processos e, então, identificar lacunas e pontos soltos para aumentar os resultados.

Há questões que podem ser facilmente respondidas com a interpretação desse mapeamento de processos:

  • Há alguma tarefa que está ocasionando retrabalho?
  • Existem etapas que podem ser enxugadas?
  • Estamos contando com colaboradores que não estão bem preparados?

Todas podem ser solucionadas com a aplicação da gestão inteligente

É possível reduzir custos como a gestão inteligente?

Além da gestão inteligente de pessoas e processos na empresa, há a categoria de gerenciamento eficiente de custos, que pode melhorar a empresa e enriquecer ainda mais a lucratividade da mesma. Afinal, administrar despesas e enxugar orçamentos também estão relacionados à estratégia.

Tratamos, portanto, da gestão de custos para que todos os objetivos da empresa sejam conquistados com o mínimo gasto. Essa postura também auxilia a empresa a:

  • conquistar informações precisas sobre os rendimentos e desempenhos de cada processo;
  • controlar e planejar qualquer execução de projeto ou tarefa rotineira nos setores;
  • melhorar a tomada de decisão, agora pautada no financeiro.

Chegando até aqui, você já percebeu que a gestão inteligente é necessária para qualquer empresa que queira garantir bons resultados, não só financeiros. Entendemos bastante de gestão e queremos que você se beneficie com todo o nosso conhecimento.

Que tal chamar a nossa equipe para um bate-papo e entender melhor como a Audaz pode facilitar a implantação da gestão inteligente na sua empresa? Estamos à disposição!  

Fale com um especialista da Audaz

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *