Happy hour virtual: 5 dicas para organizar um incrível na empresa

Happy hour virtual: 5 dicas para organizar um incrível na empresa

Posted by

Promover o engajamento de pessoas em um time deve ser uma das prioridades de toda equipe de Recursos Humanos. Mesmo em períodos remotos, existe a possibilidade de traçar estratégias para que as pessoas possam se integrar e se sentir mais motivadas.

De acordo com um estudo conduzido pela Gallup, apenas 27% das pessoas estão ativamente engajadas no país, enquanto 15% estão ativamente desengajadas — o que reforça ainda mais essa importância. Nesse contexto, investir em um happy hour virtual é uma ação interessante.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para que você confira algumas dicas de como promovê-lo com mais eficiência. Continue a leitura e saiba mais!

1. Defina a plataforma a ser utilizada

O primeiro passo para realizar um happy hour virtual é definir qual plataforma será utilizada. Com o aumento expressivo de organizações que optaram pelo home office, essas ferramentas buscaram atualizações para promover uma melhor experiência para as pessoas de um time, independentemente do tamanho. Veja quais se destacam.

Zoom

Com a pandemia e o trabalho a distância, o Zoom se tornou uma das mais populares ferramentas para reuniões online. A sua versão gratuita suporta até 100 pessoas em uma mesma reunião, com um limite máximo de 40 minutos. Porém, para uma melhor experiência das pessoas, o ideal é que utilize a versão paga do aplicativo.

Google Meet

Essa é outra ferramenta bastante popular para as videoconferências online. Aqui, há a facilidade de poder marcar as conversas diretamente na agenda dos participantes, o que contribui para que todos já se organizem para o happy hour virtual.

Skype

Uma das mais tradicionais ferramentas para conversas a distância, o Skype conta com as mesmas funcionalidades das anteriores, bem como possibilita chamadas internacionais.

Microsoft Teams

Além das chamadas virtuais, o Microsoft Teams também permite agendamento, compartilhamento de tela (ideal para apresentar dinâmicas do happy hour), além de mensagens instantâneas.

2. Determine o dia e horário ideais

Em um happy hour virtual, muitas vezes, pode ser difícil encontrar um dia e horário que consiga incluir todas as pessoas do time na reunião. Porém, é importante chegar a um consenso, uma vez que se trata de uma importante ação para a integração das pessoas e para que os membros de um mesmo time possam conversar e se conhecer fora do âmbito do trabalho.

Devemos levar em consideração que, em um contexto de pandemia, muitas pessoas não se conhecem pessoalmente, principalmente, aquelas contratadas depois que a crise global se instaurou. Por essa razão, é papel das lideranças traçar estratégias para que esses profissionais se sintam incluídos, e esse momento de integração será um importante aliado nesse sentido.

3. Envie kits personalizados

Quando os happy hours eram feitos presencialmente, havia a oportunidade de as lideranças e a gestão de RH oferecerem brindes para as pessoas da empresa, para que as festas temáticas ficassem ainda mais atrativas.

Em um contexto a distância, especialmente, quando o evento for comemorativo em relação a alguma data específica, é importante que envie kits personalizados. Essa é uma forma de estimular as pessoas a participarem, e também uma maneira interessante para trazer melhorias para o clima organizacional.

Clima é a percepção de pessoas em relação às políticas, práticas e processos do negócio. Quando essa percepção é positiva, consequentemente, as pessoas se sentem bem na organização, o que contribui para a redução das taxas de turnover e dos níveis de absenteísmo da empresa.

4. Foque assuntos leves

O mais importante de tudo é que o happy hour virtual não tenha regras. Porém, há uma exceção: nada de assuntos de trabalho, nem mesmo de temas que sejam pesados e que poderiam atrapalhar o clima descontraído que o momento pede.

Para quem estiver organizando esse momento, é importante que defina um roteiro sobre os principais momentos que o time passará durante o evento. Existem algumas ideias que podem ser aplicadas, como:

  • que história é essa? — contar algum momento engraçado que as pessoas da equipe já passaram em diferentes momentos, de modo que o restante do time possa conhecer um pouco mais sobre como é a vida daquele profissional fora dos âmbitos do trabalho;
  • passeio virtual — sempre vemos apenas um “quadradinho” do cenário de nossos colegas de trabalho. Que tal fazer um passeio virtual pela casa deles? Assim, podemos entender mais sobre os gostos de decoração das pessoas, além de conferir como é o seu “cantinho” nos momentos em que estiver descansando;
  • culinária — um dos grandes diferenciais do trabalho a distância é a possibilidade de contratar pessoas de diferentes regiões do Brasil. Naturalmente, há muitas culturas distintas e a gastronomia é variada. Dessa forma, uma boa ideia é a de realizar aulas de culinária local, conhecendo sobre o tempero daquela região e alguns pratos típicos.

5. Incentive a preparação de aperitivos

Para um happy hour virtual, não vamos focar apenas as bebidas, não é verdade? Portanto, incentive o preparo de aperitivos. Normalmente, as pessoas tendem a ficar animadas ou não, de acordo com as suas lideranças.

Por isso, se a gestão estiver empolgada para esse encontro e estimular que as pessoas também participem e realizem os seus preparativos, naturalmente, vai haver um maior engajamento por parte da equipe para realizar essas atividades. Entre os ganhos de promover esse estímulo, destacamos:

  • contar com um ambiente mais colaborativo, especialmente, em um período no qual as pessoas só se encontram por meio de chamadas;
  • promover melhorias para a comunicação interna da empresa;
  • construir uma cultura organizacional sólida e que estimula as pessoas a interagirem e a se importarem umas com as outras;
  • diminuir a competitividade entre o time;
  • melhorar o relacionamento entre lideranças e liderados.

Neste conteúdo, você pôde entender alguns dos diferenciais de contar com um happy hour virtual. Conforme vimos, essa é uma importante prática para melhorar a interatividade entre as pessoas, o que contribui de forma direta para os resultados da organização, uma vez que vai reduzir índices de turnover e contar com pessoas que buscam continuamente por inovação para as suas funções.

Se você gostou deste material, aproveite para entender mais sobre a interação entre funcionários!

Fale com um especialista da Audaz

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *