conheça os 5 principais indicadores de produtividade

Conheça os 5 principais indicadores de produtividade

Posted by

Administrar um negócio com eficiência requer dos gestores uma mensuração constante. Por isso a necessidade de colocar em evidência os indicadores de produtividade.

Essas ferramentas valiosas têm como objetivo medir o resultado de todas as atuações direcionadas aos produtos e serviços realizados pela organização. Neste artigo, vamos apresentar os indicadores de qualidade, de capacidade, de lucratividade e de turnorver.

Por meio deles, é possível realizar um controle institucional eficiente para, em seguida, administrar novas abordagens. Como as atividades da sua organização estão? Temos dicas de indicadores de produtividade para serem aplicados na sua empresa. Continue lendo!

1. Indicadores de qualidade

Poder realizar entregas de serviços e produtos aos clientes é um ponto positivo para a organização, mas pode não ser suficiente para satisfazê-los. Alcançar um maior nível de atendimento é o caminho para a fidelização.

Mensurar a qualidade dos serviços de uma instituição é um indicativo de produtividade que apresenta os pontos positivos e negativos das ações diárias da empresa. Por isso, a importância de averiguar os resultados dos serviços e conferir a visão dos clientes em relação aos atendimentos e às entregas.

A qualidade dos serviços é quesito indispensável para fidelizar os clientes e manter o progresso da empresa. Portanto, realizar o processo de mensuração requer um planejamento, pois são diversos pontos a ser observados.

Ao coletar os resultados, o passo seguinte é realizar os ajustes das diversas respostas. No entanto, todas as melhorias devem ser aplicadas de forma bem analisada.

Ao tomar as decisões, primeiro, é necessário investir nas práticas de satisfação do cliente, pois mantê-los é essencial. Segundo, resolver a parte administrativa de cada setor, incluindo o grupo de colaboradores. Alinhar as decisões e atuações na empresa dá a ela o desenvolvimento conforme as sua decisões.

2. Indicadores de capacidade

O indicador de capacidade é o responsável por aferir se as demandas estão sendo resolvidas nos prazos estabelecidos. Para alcançar uma capacidade satisfatória na empresa, é importante que a equipe de colaboradores esteja alinhada com suas atividades cotidianas.

Para que isso aconteça, o mais indicado é estabelecer metas, especificando quantidade e tempo a serem cumpridos por setores e, até mesmo, por colaboradores. Motivar os funcionários por meio de um quantitativo a ser alcançado é uma forma de atingir os objetivos da organização.

A capacidade positiva na entrega dos produtos e serviços é o que torna os clientes realizados. Uma entrega que acontece em curto prazo demostra que o indicativo de qualidade da organização pode ser considerado positivo.

3. Indicadores de lucratividade

A realização da análise do indicador de lucratividade ocorre para investigar a produtividade da instituição em sua totalidade, pois todos os investimentos e esforços se manifestam nesses índices. É a informação do lucro líquido da empresa.

A lucratividade está diretamente relacionada ao que foi produzido e à quantidade de produtos ou serviços entregues. Para se ter um indicador mais aprofundado, é interessante realizar essa mensuração na produção de cada setor.

Obtendo essa informação, é possível perceber se os líderes e colaboradores dessas áreas precisam ser capacitados e se os planejamentos estratégico, tático e operacional devem ser reelaborados. Afinal, o lucro total da organização é responsabilidade de todos os envolvidos na empresa.

4. Indicadores de competitividade

Esse indicador possibilita a aferição do desenvolvimento da sua empresa em relação aos seus concorrentes. Esses índices apresentam uma forma ampla de mensurar as estratégias e resultados das instituições do mesmo ramo de atuação.

A avaliação dos indicadores de competitividade aponta os resultados referentes ao retorno dos investimentos, capital humano, qualidade do produto ou serviço, produtividade etc. De posse desses dados, os gestores têm a incumbência de expor às equipes corporativas o posicionamento da sua empresa no comparativo com os seus concorrentes.

Conheça alguns indicadores de competitividade que podem ajudar a sua empresa a evoluir em suas decisões institucionais:

ROI

Significa retorno sobre o investimento. Apresenta o retorno da totalidade de investimentos feitos pela empresa ou por terceirizados. Diante deles, é possível detectar os erros e acertos. Em caso de resultado negativo, os gestores procuram descobrir onde é preciso fazer melhorias.

Gestão de pessoas

Refere-se aos resultados dos talentos da empresa. Por meio de monitoramento dos colaboradores, é possível detectar se as decisões de recrutamento do setor de Recursos Humanos estão contribuindo de forma positiva com os resultados da empresa.

Market share

É o êxito que uma organização apresenta no ramo em que atua. O market share demonstra a intensidade com que a empresa domina o mercado sobre os seus grupos competidores. A instituição apresenta competências relevantes no que se refere a volume de vendas, grupo de clientes, receita líquida etc.

Por meio das avaliações realizadas nos setores, é possível tomar medidas para que a instituição permaneça se desenvolvendo.

5. Indicadores de turnorver

Os colaboradores são importantes e indispensáveis em uma organização, pois todos os resultados advêm desse grupo de pessoas. Observar as suas práticas laborais é decisivo para tomar qualquer tipo de decisão.

Os indicadores de turnorver demonstram os resultados dos recrutamentos realizados pelo departamento de Recursos Humanos, mais precisamente as admissões e demissões. Afinal, quando a escolha de talentos é realizada pela sua competência, há menos possibilidade de um indicativo de rotatividade negativo.

Mensurar esses processos desperta para o entendimento da realidade da empresa, pois as decisões dos Recursos Humanos refletem em seu cotidiano. O turnover é um resultado desagradável para toda instituição.

Esse deslocamento de colaboradores dificulta a manutenção de um ritmo de trabalho produtivo. Por isso, é importante detectar a causa de todos esses transtornos, por exemplo, ambiente inadequado de trabalho, problemas de gestão, incompatibilidade com a especialidade e outros.

Como vimos, estar atento aos resultados que a sua organização apresenta é indispensável para ter crescimento. Os indicadores de produtividade são fontes seguras para apontar os déficits ou o sucesso de cada ação em sua empresa. Adotá-los e aplicá-los de maneira adequada vai conduzir o seu negócio a uma produção diferenciada.

Gostou de conhecer sobre como os indicadores de produtividade podem ajudar sua empresa a tomar um rumo enriquecedor? Assine a nossa newsletter para receber nossos artigos e turbinar o seu negócio.

Fale com um especialista da AudazPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *