Pesquisa de engajamento: entenda a importância para seu negócio

Pesquisa de engajamento: entenda a importância para seu negócio

Posted by

Ter colaboradores engajados significa ter um time que dá resultados. Isso porque quanto mais engajada é a sua equipe, mais disposta ela está de abraçar os objetivos do negócio. Nesse sentido, fazer uma pesquisa de engajamento é uma iniciativa imprescindível para identificar o quanto ela está comprometida com o seu ambiente de trabalho.

A pesquisa de engajamento consiste em um questionário com perguntas cuja finalidade é mensurar a satisfação dos funcionários com a companhia, bem como apontar problemas que prejudicam a rotina, a motivação e consequentemente a produtividade dos colaboradores. As informações obtidas por meio desse método permitem o mapeamento dos pontos que contribuem para o engajamento e dos que exigem melhorias.

Quer entender por que é tão necessário saber se sua equipe está engajada com a organização? Confira, neste post, a importância da pesquisa de engajamento e quando aplicá-la!

Qual é a importância da pesquisa de engajamento?

Ouvir o que os colaboradores pensam sobre o ambiente de trabalho é essencial para promover melhorias constantes na empresa. E é exatamente isso que a pesquisa de engajamento proporciona, uma vez que permite o acompanhamento, dentro de um período de tempo, de como a equipe está se adaptando às mudanças que ocorrem na instituição.

Como se trata de uma verificação com foco específico, que contém um número restrito de perguntas, o time de recursos humanos consegue obter dados relevantes e que ajudam a direcionar a comunicação e a gestão de pessoas.

A seguir, veja como a pesquisa de engajamento beneficia a organização!

Aumenta a autoestima dos colaboradores

Ao aplicar a pesquisa de engajamento com uma frequência determinada, a empresa demonstra para os seus profissionais que se importa com a opinião e o bem-estar deles, além de deixar claro que são parte fundamental para o sucesso das suas atividades. Isso faz com eles percebam que, de fato, estão contribuindo para o negócio e tendem a se sentirem mais valorizados.

Estabelece uma cultura voltada para soluções

Um dos principais objetivos da pesquisa de engajamento é identificar problemas que estejam impedindo que o seu time tenha uma alta performance e propor melhorias que eliminem tais problemas. Assim, cria-se uma cultura voltada para soluções, o que aprimora o ambiente de trabalho e a própria equipe continuamente.

Incentiva a participação ativa de todos

Partindo do princípio que estamos falando de uma pesquisa rápida e simples de ser respondida, as chances de os profissionais se recusarem a respondê-la são bem menores. Desse modo, a taxa de abandono da avaliação é menor do que a que costuma ocorrer durante a aplicação de questionários anuais e com número grande de perguntas.

O ato de responder a pesquisa também torna a sua equipe mais ativa e disposta a participar das melhorias a serem implantadas na organização, contribuindo para que elas saiam do papel e sejam concretizadas na sua rotina de trabalho.

Como mensurar o engajamento na empresa?

É importante ter em mente que a pesquisa de engajamento não se resume exclusivamente à distribuição de questionários, pois há que se criar um planejamento que garanta o sucesso da iniciativa do início ao fim.

Saiba quais são os pontos indispensáveis para aplicar a pesquisa corretamente!

Defina objetivos claros para a pesquisa

Antes de qualquer coisa, é preciso definir quais são os objetivos da pesquisa de engajamento. A iniciativa pode ser realizada para entender qual é o nível de satisfação dos colaboradores de um departamento específico, por exemplo.

Sem falar que a ferramenta também pode ser utilizada para checar o engajamento do time diante de um novo projeto, com as políticas implementadas recentemente ou com novos sistemas e equipamentos inseridos no ambiente de trabalho.

Determine os dados que serão colhidos

Não existe um padrão sobre como a pesquisa de engajamento deve ser aplicada, logo você não precisa se prender a questionários prontos. Cada ambiente de trabalho tem as suas particularidades, então é altamente recomendado levá-las em consideração na hora de construir o seu questionário.

Porém, existem alguns pontos que geram dados essenciais para entender o nível de satisfação do time com a companhia, são eles:

  • opinião sobre o ambiente de trabalho;
  • grau de satisfação com as lideranças;
  • como é o relacionamento com os demais membros da equipe;
  • quais são os pontos considerados negativos em trabalhar na organização;
  • o que mais gosta na empresa;
  • como gostaria de ser desenvolvido profissionalmente pela companhia;
  • quais mudanças acredita que poderiam ser feitas para melhorar os processos internos.

Envolva os líderes

Ao contrário do que muita gente pensa, a pesquisa de engajamento não é uma responsabilidade apenas do departamento de recursos humanos. Ninguém conhece melhor os profissionais do que os líderes de cada time, assim, é indispensável que eles sejam envolvidos na pesquisa e ajudem na identificação dos indicadores a serem mensurados.

Os líderes também devem conscientizar os liderados sobre a necessidade de participar da pesquisa e tranquilizá-los, deixando bem claro que as respostas serão mantidas sob sigilo — fator substancial para que o colaborador se sinta encorajado a participar da pesquisa, dê respostas honestas e faça sugestões valiosas.

Estabeleça uma frequência

Apesar de não existir uma regra de tempo médio para a aplicação da pesquisa de engajamento, hoje em dia tem se popularizado o hábito de realizar pesquisas contínuas, que acontecem em intervalos menores que, muitas vezes, semanalmente.

Nesse caso, as pesquisas são menores, sendo elaboradas com o mínimo de 5 e máximo de 10 perguntas, a fim de não exigir muito tempo por parte do respondente. Com isso, o engajamento pode ser acompanhado de forma precisa e praticamente em tempo real, além de trazer respostas que evidenciam a situação do funcionário na empresa.

A análise de informações recentes possibilita ao gestor compreender o que está acontecendo no seu departamento e ter insights para o desenvolvimento de estratégias rápidas e eficientes para corrigir eventuais problemas.

Divulgue os resultados

Por último, saiba que a pesquisa de engajamento não deve ser mera formalidade. É necessário que seja vista como uma ferramenta real de transformação. Para tanto, é indicado divulgar os resultados da iniciativa e manter o time sempre informado sobre quais são as medidas de melhorias que estão sendo tomadas.

Quando realizar a pesquisa de engajamento?

Como dissemos, não existe um período certo para o intervalo entre a realização de uma pesquisa e outra. Para tomar a decisão certa, há que se analisar o cenário em que o setor se encontra. Alguns dos pontos a serem considerados nessa análise são:

  • alto índice de rotatividade;
  • excesso de faltas ou afastamentos;
  • crescimento do número de falhas e reclamações.

Caso se depare com essas circunstâncias, é uma boa ideia aplicar a pesquisa para descobrir o que está por trás delas. Por outro lado, também é importante saber reconhecer o que indica um bom engajamento. Algumas dessas evidências são:

  • os colaboradores estão sempre comprometidos com as suas tarefas;
  • o relacionamento com líderes e colegas de trabalho é saudável;
  • os níveis de estresse diante de adversidades são baixos;
  • a equipe trabalha bem coletivamente;
  • os treinamentos trazem resultados perceptíveis;
  • a taxa de rotatividade é baixa;
  • a retenção de clientes é alta.

O monitoramento do nível de satisfação do colaborador com o ambiente de trabalho e com os líderes, colegas de trabalho e empresa no geral é primordial para agir na raiz da barreira que está prejudicando o crescimento individual e coletivo dos profissionais. Portanto, a pesquisa de engajamento é uma arma poderosa para combater falhas que, se não forem percebidas e neutralizadas, podem causar danos gigantescos à performance do negócio.

Mais do que descobrir os motivos da falta de motivação dos colaboradores, é necessário agir para engajá-los. Neste outro post, veja 8 dicas para ter mais engajamento de equipes!

Fale com um especialista da Audaz

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *