Qual a importância das soft skills e hard skills e como desenvolvê-las?

Qual a importância das soft skills e hard skills e como desenvolvê-las?

Posted by

Na gestão de pessoas, o cuidado com soft skills e hard skills deve ser um norte para obtenção de melhores resultados. É preciso dar atenção a esses dois conceitos como complementares e essenciais, sem privilegiar um, em detrimento do outro. Assim, é possível contratar somente as melhores pessoas para sua empresa e preparar os membros internos para crescer.

Por muito tempo, as soft skills foram desvalorizadas por conta de um foco exclusivo nas habilidades técnicas. Ultimamente, porém, o perfil do profissional ideal tem demandado um bom domínio de habilidades em ambos os espectros. Por isso, é necessário acompanhar o mercado e entender como aplicar essa gestão em sua organização.

Saiba mais sobre esse importante tema.

O que são soft skills e hard skills?

Vamos começar conceituando esses termos e especificando cada um. As soft skills são habilidades e capacidades não técnicas, que dizem respeito à capacidade de comunicação e de interação interpessoal. Além disso, estão associadas com o controle emocional e habilidade de discutir ideias e compartilhar insights.

As soft skills são habilidades difíceis de mensurar e de provar que uma pessoa realmente tenha domínio. Afinal, são intangíveis e incontáveis. Elas são exercidas em contextos específicos, como em um cenário de projeto ou uma atividade de dinâmica em grupo. Contudo, ainda assim, é preciso acompanhar uma pessoa por mais tempo para ter certeza sobre como ela se comporta.

Essas capacidades dizem respeito a como uma pessoa age, e são influenciadas por questões psicológicas, que não são fáceis de rastrear e compreender. Além do que falamos, podemos elencar as habilidades de persuasão, de liderança, a criatividade, a organização, a solução de problemas, entre outras.

Por outro lado, temos as hard skills, ou skills técnicas. São aqueles conhecimentos comprováveis com diplomas e certificações, que envolvem saber operar uma ferramenta ou lidar com algum problema prático. Entender como utilizar um software específico, ter a expertise para dar aula, ter a formação necessária para trabalhar com contabilidade ou com marketing são alguns dos exemplos.

Essas capacidades são alcançadas com estudo e esforço. Uma pessoa que passa por uma jornada de aprendizagem em um curso se torna capaz de exercer aquela profissão, com aquelas atividades estudadas. Um colaborador que passa por determinado treinamento aprende aquelas capacidades e pode, então, utilizá-las no seu dia a dia.

Qual é a importância das soft skills e hard skills?

Por muito tempo, na gestão de pessoas, as hard skills eram as únicas valorizadas e levadas em consideração. Assim, eram o ponto crucial para a contratação de uma pessoa ou para a promoção.

Elas são realmente importantes: disso não há dúvida. A partir delas, é possível saber como o profissional vai atuar e o que exatamente ele vai saber fazer. É viável conhecer qual é o seu escopo das tarefas, qual é o tipo de problema que ele poderá gerenciar com sucesso e a partir de qual perspectiva ele enxergará essas situações.

Em áreas mais técnicas, como a de TI ou de finanças, as hard skills envolvem conhecimento em determinados conceitos específicos, como um software ou uma linguagem de programação para criar sistemas. É fundamental saber se o colaborador tem alguma experiência com aquelas ferramentas para usar no cotidiano. 

A depender da quantidade de formações e cursos, você consegue ter uma ideia do quanto o profissional se esforça para se manter atualizado e para evoluir em sua carreira. Isso indica, também, o quão valioso ele será.

Entretanto, o mercado evoluiu para entender a importância das soft skills, também. As empresas perceberam que as habilidades sociais e individuais complementam aquelas mais técnicas, formando, então, o perfil do profissional pronto para o mundo moderno. Para a dinâmica afetada pelas tecnologias, é mais do que necessário dominar os dois lados.

O trabalho em equipe se tornou ainda mais valorizado nos tempos atuais. Nesse sentido, é preciso contar com pessoas que saibam lidar com colegas, de um modo criativo, produtivo e respeitoso. É necessário controlar suas emoções, suas ideias, e saber administrar possíveis conflitos.

Para cada profissão, você tem um quadro de habilidades soft que são requeridas como ideais. A criatividade, por exemplo, é um ponto importante e intangível para campos profissionais como o marketing, a comunicação é crucial para vendas, entre outros exemplos.

É necessário, portanto, ter uma visão que combine esses dois conceitos-chave (soft e hard skills) para contratar pessoas capacitadas e preparar os membros dentro da empresa. Para preparação, aliás, temos algumas dicas, que mencionaremos no próximo tópico.

Como estimular essas habilidades?

Vamos oferecer algumas recomendações sobre como incentivar o desenvolvimento de habilidades soft e hard em suas equipes. Primeiro, apresente aos seus colaboradores palestras educativas sobre os temas importantes.

Em se tratando de trabalho em equipe, por exemplo, aborde a colaboração, o respeito mútuo, a inteligência emocional e outros aspectos. Com esse conhecimento, seus contratados vão entender a necessidade dessas soft skills, e vão encontrar caminhos para alcançá-las.

É preciso falar sobre o que discutimos neste artigo: a importância de dominar soft skills e hard skills, sendo que não é interessante buscar apenas um tipo de habilidade. Também aproveite para fornecer cursos e programas específicos de capacitação.

Isso serve tanto para habilidades técnicas quanto para não técnicas. Existe a possibilidade de investir em formações sobre liderança ou sobre um aspecto técnico importante de marketing ou TI, por exemplo.

É importante frisar o acompanhamento dos profissionais, de modo a tornar seu caminho de crescimento uma jornada da empresa, também. Assim, preocupe-se em entender o momento das pessoas e oferecer feedbacks para demonstrar o crescimento delas.

Caso alguém tenha problemas com interações sociais, você pode acompanhar e sugerir ajuda psicológica específica. O apoio da organização é crucial para que os membros do time busquem melhorar para fazer o seu trabalho com maestria.

As soft skills e hard skills são importantes conceitos para orientar a gestão de pessoas. O trabalho interno com os funcionários deve visar ao desenvolvimento do profissional nessas duas dimensões. Assim, a empresa ganha com pessoas técnicas e capacitadas em ferramentas, e também com colaboradores que sabem interagir e se portar em público. A produtividade e a qualidade dos resultados aumentam, na proporção em que se diminui o número de problemas e conflitos, com cada membro dando o seu melhor.

Gostou do conteúdo sobre soft skills e hard skills? Acompanhe a nossa página no Facebook e fique por dentro das nossas novidades.

Fale com um especialista da Audaz

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *