Veja 5 maneiras de ir para o trabalho sem carro e como incentivar na sua empresa

Posted by

Os problemas da mobilidade urbana estão cada dia mais graves. As vias das grandes cidades já não suportam mais o volume de veículos que circulam todos os dias, principalmente nos horários de pico, gerando transtornos e estresse. No curto prazo, a melhor forma de minimizar a situação pode ser ir para o trabalho sem carro.

Para algumas pessoas essa ideia parece difícil ou, até mesmo, inviável. Mas, neste artigo, mostramos que existem outros meios de transporte que podem ser até mais rápidos e eficientes para se deslocar pela cidade. Além disso, vamos falar da importância de haver um incentivo por parte das empresas e como elas podem oferecê-lo. Então, continue a leitura e saiba mais!

Por que incentivar os colaboradores a ir para o trabalho sem carro?

Os problemas decorrentes do grande volume de carros nas ruas estão gerando impactos em diferentes aspectos. A começar pela mobilidade urbana, que se tornou mais difícil, lenta e estressante. As vias já não comportam o fluxo, o que contribui para a ocorrência de engarrafamentos e acidentes e para o desperdício de boa parte do tempo dos trabalhadores.

Por lei, as empresas são obrigadas a fornecer o vale-transporte, mas não se diz nada em relação a quem opta pelo carro próprio. Por sua vez, as organizações que entendem a importância de garantir a qualidade de vida dos seus profissionais perceberam os impactos negativos provocados pelos problemas no trânsito e começaram a investir em melhorias.

Assim sendo, além das vantagens que cada colaborador pode alcançar, existe o aspecto coletivo. Quando incentiva algumas maneiras de ir para o trabalho sem carro, a empresa contribui para que haja menos carros nas ruas, o que, por exemplo, deixa as vias livres para quem realmente precisa utilizá-las.

Também são menos gases poluentes sendo jogados na atmosfera, o que contribui para a melhoria na qualidade do ar, entre outros benefícios ao meio ambiente.

Quais são as melhores alternativas a esse meio de transporte?

Agora, vamos listar 5 maneiras simples de ir para o trabalho sem carro que podem ser incentivadas em sua empresa no curto prazo.

1. A pé

O sedentarismo é uma marca bastante presente na geração atual. A tecnologia acabou deixando as pessoas mais preguiçosas, e algumas distâncias que antes eram facilmente percorridas a pé, hoje são feitas de carro. E veja que não estamos falando de vários quilômetros. Fato é que existem profissionais que moram a menos de três quilômetros de distância da empresa, por exemplo, e vão de carro todos os dias.

O incentivo às caminhadas como meio de ir ao trabalho proporciona não só uma redução dos gastos com a mobilidade, como também contribui com melhorias para a saúde da pessoa. É uma iniciativa simples, que não demanda muito mais do que um bom par de tênis e um local para se trocar ao chegar, caso seja necessário.

2. Bicicleta

O uso da bicicleta como meio de transporte proporciona benefícios similares aos da caminhada, com a vantagem de permitir um alcance mais longo e uma prática de atividade física um pouco mais intensa. Além da parte cardiovascular, o indivíduo ainda trabalha diversos músculos, deixando-os mais tonificados e fortes.

O colaborador pode adquirir uma bicicleta ou, até mesmo, utilizar o sistema de uso compartilhado que já está presente em diversas cidades do país. É uma forma mais econômica e ecologicamente sustentável de ir para o trabalho.

3. Metrô

O metrô é um meio de transporte público bastante eficaz no que diz respeito ao tempo de deslocamento e aos reflexos na mobilidade. Por ter uma rota independente dos demais veículos, apresenta uma taxa maior de cumprimento de horários, além de comportar uma quantidade bem grande de pessoas por viagem.

Muitos profissionais deixam de utilizar essa opção por desconhecimento ou falta de prática. Já estão tão acostumados a utilizar seus carros que sequer sabem que é possível ir de metrô ou de trem ao trabalho. Mesmo que seja necessário andar um pouco até a estação mais próxima, é uma alternativa que vale a pena experimentar.

4. Ônibus

O ônibus é o meio de transporte público mais utilizado no país. São diversas linhas circulando todos os dias pelas cidades, levando as pessoas a diferentes pontos. Eles são mais acessíveis do que o metrô, visto que conseguem circular por várias ruas nos bairros e grandes centros.

A criação dos BRT’s, que são linhas que contam com corredores exclusivos e sistemas de embarque integrados a plataformas, tornou o uso dos ônibus ainda mais vantajoso. Nas cidades que ainda não contam com esse modelo, a principal vantagem está nos custos das passagens, que são bem menores quando comparados aos gastos com um carro, por exemplo.

5. Carona colaborativa

Por fim, para aqueles que não abrem mão do conforto oferecido pelo carro, as caronas colaborativas podem ser uma ótima opção. Elas consistem no compartilhamento de um mesmo veículo por diversas pessoas que estão se deslocando em itinerários parecidos. Inclusive, já existem variados aplicativos que fazem a conexão entre elas.

Os colaboradores de uma mesma empresa, ou de uma mesma região, podem formar grupos nos quais eles se revezam na tarefa de levar os demais ao trabalho. Os custos são compartilhados entre todos e, considerando um carro cheio, são 4 veículos a menos nas ruas para cada compartilhamento.

Como as empresas podem estimular essa mudança?

Todas essas alternativas são escolhas a serem feitas por cada pessoa, mas a empresa pode contribuir com a mobilidade urbana por meio de alguns incentivos. O primeiro deles é a criação de programas que esclareçam o assunto e façam a divulgação dos benefícios de adotar alternativas de transporte.

Outra atitude importante é garantir o suporte a essas mudanças. Afinal, de nada adianta incentivar os funcionários a irem a pé ou de bicicleta para o trabalho e não disponibilizar um vestiário no qual eles possam tirar o suor do corpo e se trocar, a fim de ficarem bem apresentáveis para começar a jornada, ou ainda ter regras de horários muito rígidas que inviabilizem a carona compartilhada.

Como você pôde notar, existem várias alternativas para quem decide ir para o trabalho sem carro. Basta que a pessoa seja estimulada corretamente e conte com o apoio de seus colegas e da própria organização. Quanto mais pessoas aderirem a esse movimento, menores serão os problemas da mobilidade urbana e maiores os benefícios para a sociedade como um todo!

Se você atua no RH da sua empresa e quer ficar por dentro de todas as novidades em gestão de pessoas, assine nossa newsletter e receba conteúdos relevantes como este diretamente em seu e-mail!

Fale com um especialista da AudazPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *